03 outubro 2011

Desemprego.






Vou tentar falar sobre o que não é nenhuma novidade, não só no Brasil. Mas, em diversos países.
Estar preparado para o mercado de trabalho, com conhecimento, boa aparência, educação, ter experiencia, mas além disso tudo se você tiver alguém que o indique, facilitará muito.


Veja meu caso, tenho curso de Direito incompleto, 4 semestres. Em algumas entrevistas já fui considerada "preparada de mais" e, certamente em outras de menos. Porém, pensando melhor, se eu fosse bacharel em direito, não teria muita chace, a não ser, prestar concurso, pois, em minha família a única pessoa que chegou mais perto de uma universidade foi minha mãe e, mesmo assim só fez dois semestres, não deu conta de estudar, trabalhar e ajudar a família. 
Claro que o maior motivo para eu não ingressar no mercado de trabalho é a falta de experiência. Estudei, mas só fiz um estágio de poucos meses. E, no meu primeiro emprego fiquei apenas o período de experiência, isso com 30 anos de idade. 
Fiz um curso profissionalizante de Web Designer/Designer Gráfico, mas até agora não consegui uma chance, tudo pq não tenho experiência. Já faz 1 ano e, até agora nada. Claro que agora esse curso que fiz deve estar obsoleto, até pq em tecnologia tudo muda muito rápido. E, foi um curso rápido, teria que fazer novamente, mas separadamente. Claro que tenho preferencia, gosto e tenho mais habilidade com designer gráfico.
Tentei fazer um curso técnico em informática (gratuito), mas não gostei e vi que não tinha aptidão, fiz apenas   1 semestre.
Minha mãe me protegeu o quanto pode, mas... Ela me criou sozinha como muitas mulheres. Se aposentou por tempo de trabalho e continuou trabalhando, ganhava razoavelmente bem, menos que um um homem em sua função (era assistente financeiro) mas, antes de ela completar na mesma empresa 30 anos de trabalho, despediram ela, certamente por sua idade, tinha mais de 50 anos de idade. Enquanto ela pode, como ela diz... ela trabalhou para eu estudar.  Agora estou aqui fazendo parte de estatística de desemprego.
Espero um dia poder contar aqui mesmo neste blog que consegui um emprego e que voltei a faculdade. Contar sobre a formatura, sobre o concurso para defensoria pública... Enfim, sobre meus sonhos que talvez algum dia seja real.














Ver o desemprego por um canudo

Eis a geração que aplicou cerca de pelo menos entre 15 a 17 anos da sua vida a estudar para se ver no ridículo de muitas vezes ter de esconder o curso que tirou aquando se vai empregar num trabalho mal remunerado e não qualificado como cadeias de fast-food ou caixas de supermercado na tentativa de apenas puder trabalhar e ganhar algum dinheiro e independência, em resumo quase que para não morrer à fome.
Esta é geração mais qualificada, informada e inteligente da História, a geração à rasca que enche as ruas em protesto contra precariedade.


Futuro dos idosos depende de políticas de emprego decente


"O Brasil está em uma situação de "bônus demográfico" que representa oportunidade para o País, no sentido de criar políticas públicas que garantam o emprego decente e a consequente seguridade social para cerca de 65 milhões de idosos em 2050. Essa é uma das conclusões apresentadas pelo pesquisador José Ribeiro, do Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, durante o lançamento, nesta quarta-feira (16), do documento Perfil do Trabalho Decente no Brasil."
http://www.trabalhodecente.org/2010_01_01_archive.html

Causas do DesempregoAs principais causas do desemprego no Brasil e no Mundo, plenoemprego
 Desemprego: uma difícil situação enfrentada por muitos trabalhadores

O que é 
O desemprego ocorre quando um trabalhador é demitido ou entra no mercado de trabalho (está a procura de emprego) e não consegue uma vaga de trabalho. É uma situação difícil para o trabalhador, pois gera problemas financeiros e, em muitos casos, problemas psicológicos (depressão, ansiedade, etc.) no trabalhador e em sua família.

Principais causas do desemprego
Baixa qualificação do trabalhador: muitas vezes há emprego para a vaga que o trabalhador está procurando, porém o mesmo não possui formação adequada para exercer aquela função;
Substituição de mão de obra por máquinas: nas últimas décadas, muitas vagas de empregos foram fechadas, pois muitas indústrias passaram a usar máquinas na linha de produção. No setor bancário, por exemplo, o uso de caixas eletrônicos e desenvolvimento do sistema bankline também gerou o fechamento de milhares de vagas;
Crise econômica: quando um país passa por uma crise econômica, o consumo de bens e serviços tende a diminuir. Muitas empresas demitem funcionários como forma de diminuir custos para enfrentar a crise.
Custo elevado (impostos e outros encargos) para as empresas contratarem com carteira assinada: este caso é típico do Brasil, pois os custos de contratação de empregados são muito elevados. Muitas empresas optam por aumentar as horas extras de seus funcionários a contratar mais mão de obra ;
Fatores Climáticos: chuvas em excesso, secas prolongadas, geadas e outros fatores climáticos podem gerar grandes perdas financeiras no campo. Muitos empresários do setor agrícola costumam demitir trabalhadores rurais para enfrentarem situações deste tipo.

Você sabia?

- Pleno Emprego ocorre quando em um país ou região todos os trabalhadores em situação de trabalho encontram-se empregados. Ou seja, o mercado de trabalho está em nível de equilíbrio. É uma situação extremamente favorável para a economia de um país.
- No ano de 2010 a taxa de desemprego no Brasil ficou em 6,7%, a menor desde o ano de 2002.

Trabalho – Condições, Qualidade de Vida, Causas do Desemprego, Dados


Sabemos que o Trabalho de uma Pessoa influencia diretamente em sua Qualidade de Vida – em aspectos EconômicosPessoais Socias. Porém devido há vários fatores, milhares de pessoas estão sem Empregos, outras trabalham em péssimas condições chegando a ser considerado um trabalho Escravo, isso sem falar do Trabalho Infantil.
Confira abaixo Dados Informações sobre os Empregos no Mundo – formas de trabalho, quais as causas do Desemprego, Qualidade do Trabalho e Serviços e mais:
Desemprego - As taxas de desemprego vêm crescendo ano a ano no mundo. Em 2007, a massa de desempregados no planeta somava 189,9 milhões de indivíduos. Pessoas com idade entre 15 e 24 anos são as mais afetadas pelo desemprego.
Causas do desemprego - A economia globalizada aumentou muito a competitividade entre as empresas e passou a exigir produtividade máxima com custo mínimo. Investimentos emautomação eliminaram milhares de postos de trabalho. Em busca de mão-de-obra barata, multinacionais transferiram fábricas para países pobres, nos quais os salários são mais baixos.
Qualidade do emprego – Apesar de tentativas para melhorar a qualidade dos empregos, o mercado de trabalho segue cheio de contradições e imperfeições. Nesse aspecto, destaca-se o trabalho sem reconhecimento de direitos trabalhistas e com baixa remuneração, as terceirizações e, em casos de ilegalidade flagrante, o trabalho infantil ou escravo.
Serviços - O setor vem conquistando mais espaço entre os setores produtivos e também como empregador. Em 2007, ele estava bem á frente da agropecuária e da indústria: o setor de serviços fornece 42,7% dos empregos, contra 34,9 % da agricultura e 22,4% da indústria.
Brasil – Desde 2002, o emprego vem crescendo no Brasil e o desemprego, caindo. O total de trabalhadores ocupados cresceu de 75,5 milhões em 2001 para 89,3 milhões em 2006. Ao mesmo tempo, o trabalho informal está recuando, embora bem lentamente. Estão também reduzindo o trabalho e já representam 43,7% da população economicamente ativa. Apesar de terem, atualmente, mais escolaridade do que os homens, elas ainda ganham menos, em média.





0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top