24 março 2011













Uma pequena homenagem a esta atriz e pessoa linda!!!














FONTE:  http://www.adorocinema.com/atores/elizabeth-taylor/curiosidades/

Curiosidades
- Do signo de Peixes;

- Os cabelos escuros e a cor do olhos sempre foram marcas registradas de sua carreira;

- Muito conhecida também pelo apelido de Liz Taylor;

- Famosa por seus inúmeros casamentos;

- Teve três filhos e nove netos;

- Foi frequentadora assídua da polêmica e famosa boate "Studio 54";

- Foi casada com Conrad Hilton Jr. de maio de 1950 até fevereiro de 1951;

- Ele era agressivo com ela, problema relacionado ao uso de drogas;

- Do casamento com o ator Michael Wilding (A Tortura da Suspeita) resultaram dois filhos (Christopher Edward Wilding e Michael Wilding Jr.) e a relação durou de fevereiro de 1952 até janeiro de 1957;

- O produtor Michael Todd (A Volta ao Mundo em 80 Dias) também foi seu marido de fevereiro de 1957 até março de 1958 e antes de sua morte tiveram uma filha: Liza Todd Burton;

- Voltou a trabalhar cerca de sete meses depois do nascimento da filha, no filme Gata em Teto de Zinco Quente (1958);

- Com Eddie Fisher, com que trabalhou em Disque Butterfield 8, relacionou-se de maio de 1959 até março de 1964, ano em que se divorciaram;

- Fisher era muito amigo do falecido marido dela e deixou a esposa, Debbie Reynolds, para viver com Taylor;

- Conheceu o astro Richard Burton em Cleópatra (1963) e com ele chegou a se relacionar duas vezes. A primeira foi de março de 1964 até junho de 1974, época em que adotaram Maria Burton, nascida em 1961. Em outubro de 1975 casaram-se novamente, mas o relacionamento durou somente até 1976, ano de um novo divórcio;

- Traballhou em 11 filmes ao lado do ator e ex marido Richard Burton: Cleópatra (1963), Gente Muito Importante (1963), Adeus às Ilusões (1965), Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1966), Doctor Faustus (1967), A Megera Domada (1967), Os Farsantes (1967), O Homem que Veio de Longe (1968), Unidos Pelo Mal (1972), Under Milk Wood (1972), o telefilme Divórcio Dele, Divórcio Dela (1973);

- Existe ainda uma participação dela não creditada no filme Ana dos Mil Dias (1969) onde ele atua;

- Durante as filmagens de Disque Butterfield 8 (1960) chegou a ser declarada morta por causa de problemas de saúde na época;

- Ela e a atriz Shirley Jones foram as únicas a ganhar no mesmo ano um Oscar por interpretarem prostitutas: Melhor Atriz para Liz por Disque Butterfield 8 (1960) e Melhor Atriz Coadjuvante para Jones por Entre Deus e o Pecado (1960);

- Sua primeira indicação ao Oscar, por A Árvore da Vida (1957), é também o início de outras três indicações consecutivas, algo que também foi comum apenas para Jennifer Jones (1943-46), Thelma Ritter (1950-53), Marlon Brando (1951-54) e Al Pacino (1972-75);

- Foi a primeira atriz a receber US$ 1 milhão por um papel em um filme, no caso o título foi Cleópatra (1963);

- No ano de 1963, quando um alto executivo americano recebia US$ 650 mil e o presidente Kennedy tinha um salário de US$ 150 mil, ela ganhou recebeu cerca de US$ 2.4 milhões;

- Tentou com todas as forças pegar o papel de Eliza Dolittle em My Fair Lady (1964), mas ele acabou nas mãos de Audrey Hepburn;

- Foi grande amiga do ator Montgomery Cliftt até sua morte em 1966;

- Tornou-se amiga de Marlon Brando quando rodavam O Pecado de Todos Nós (1967);

- No início dos anos 70 tentou levar para o cinema uma peça de sucesso da Broadway ("Twigs" de George Furth) onde interpretaria quatro personagens, mas o projeto nunca foi adiante;

- Era uma viciada em cigarro até receber um diagnóstico errado de câncer em 1975;

- Em 1976, a estrela casou-se com o político John Warner e o relacionamento durou até 1982, ano em que se divorciaram;

- Liz e Richard Burton trabalharam juntos novamente no palco em 1983 na peça "Private Lives";

- Indicada do Tony Awards (Oscar do teatro) em 1981 por sua atuação no musical "Little Foxes";

- Nove anos depois, em 1991, a atriz engatou um romance com o executivo da área de construção Larry Fortensky, que durou até 1996, quando eles se divorciaram;

- Ela o conheceu numa clínica de realibilitação em 1988;

- Mesmo depois de separada dele, pagou todas as contas do hospital onde ficou em coma após cair de uma varanda em 1999;

- Em 1988, depois que seu filho Michael renunciou sua cidadania americana por ter sido pego com maconha o congresso americano aprovou uma lei para impedir a sua expulsão;

- Ela foi dama de honra do primeiro casamento da atriz e amiga Jane Powell (Núpcias Reais) e Powell fez o mesmo com ela;

- Em 1995, para a revista britânica Empire, das 100 Estrelas Mais Sexies do Cinema, Liz ocupava o 16º lugar;

- Apareceu na capa da famosa revista People cerca de 14 vezes, perdendo apenas para a Princesa Diana no ano de 1996;

- Eleita em 1997 como a nº 72 na lista "100 Maiores Estrelas de Cinema de Todos os Tempos" da tradicional revista inglesa Empire;

- No mesmo ano, foi internada no hospital após uma convulsão cerebral;

- Também em 1997, foi submentida a uma cirurgia para retirada de um tumor benigno do cérebro;

- Apaixonada por perfumes e tinha vários ficaram conhecidos como seus: Passion (1987), White Diamonds (1991), Diamonds and Rubies, Diamonds and Emeralds, Diamonds and Sapphires and Black Pearls (1995);

- Ao lado de Julie Andrews, ganhou o título de Dama da Rainha Elizabeth II no Ano Novo de 1999;

- Conhecida mundialmente por ter jóias famosas e caríssimas, de diamantes e pérolas;

- O astro da música pop Michael Jackson tinha em Liz Taylor uma de suas maiores amigas;

- No final dos anos 90, durante uma entrevista para a apresentadora Barbara Walters, a estrela confessou que ainda gostava muito de atuar, mas os estúdios não investiam mais nela porque seus problemas de saúde invalidavam qualquer iniciativa neste sentido, tendo em vista que as seguradoras se recusavam a bancar o risco;

- Ela é citada na música "Lady Nina" do grupo de rock Marillion;

- Eleita a 11ª Maior Estrela de Cinema de Todos os Tempos pela revista Entertainment Weekly;

- Em novembro de 2004, foi anunciado que sofria de insuficiência cardíaca, mas continuou angariando fundos para ajudar as vítimas da AIDS e para construir o Richard Burton Memorial Theatre no País de Gales;

- Foi interpretada pela atriz Sherilyn Fenn (Encaixotando Helena) no telefilme Liz: The Elizabeth Taylor Story (1995);

- Não participou do julgamento de seu amigo Michael Jackson porque estava com sérios problemas de saúde;

- Ao lado dos atores Mark Hamill e Joe Mantegna, também é uma das únicas profissionais do setor a interpretar a si mesmo e dar a voz para um personagem no seriado animado Os Simpsons. Ela deu voz para Maggie Simpson na quarta temporada no episódio "Lisa's First Word" e interpretou ela mesma na mesma temporada no episódio "Krusty Gets Kancelled";

- Entre as famosas joias de sua coleção, o famoso anel de casamento comprado por Richard Burton foi leiloado para arrecadar fundos para as víticas da AIDS;

- O colunista de jornal Charles Bukowski publicou artigo, que depois virou livro, onde criticava o fato de Taylor ser considerada um ícone da cultura americana;

- Em 2000, recebeu sua estrela na Calçada da Fama, situada no número 6336 da Hollywood Boulevard, em Los Angeles;

- Fez tratamento de radioterapia para cuidar de um tipo de câncer de pele em 2002;

- Sua aposentadoria foi anunciada em 2003;

- Em maio de 2006 foi no programa "Larry King Live" para negar que estava com Mal de Alzheimer e perto da morte;

- Madrinha de Paris Jackson e Prince Michael, filhos do astro Michael Jackson;

- A organização criada por ela no combate ao mal da AIDS, a AMFAR, já tinha arrecadado cerca de US$ 83 milhões após 12 anos de sua criação;

- Não compareceu a cerimônia do Oscar em 2003 devido a sua oposição a Guerra do Iraque;

- Faltou ao "casamento" de Elton John em 2005 devido aos problemas de saúde;

- Lançou em 2006 uma linha de jóias com diamantes e pedras preciosas batizada de "House of Taylor". Ela chegou a lançar um livro sobre o assunto e era considerada entendida. Os modelos eram inspirados em suas peças favoritas de sua coleção;

- Cancelou suas aparições no Festival de Cannes devido aos problemas de saúde. Ela costumava organizar jantares para arrecadar fundos para ajudar as vítimas da AIDS ao longo dos anos. Acabou sendo substituída por Sharon Stone e depois Liza Minnelli;

- Entrou para o tradicional Hall da Fama em dezembro de 2007;

- Apoiou a candidatura de Hillary Rodham Clinton para presidente em 2008;

- Internada com falência cardiáca e pneumonia em julho de 2008 e chegou a sobreviver com auxílio de máquinas;

- Doou US$ 500 mil para um força tarefa montanda em Nova Orleans para as vítimas da AIDS;

- Tem uma rua com seu nome em Iowa City, no Estado de Iowa, nos Estados Unidos;

- Submetida a uma cirurgia no coração em outubro de 2009;

- Faleceu aos 79 anos de insuficiência cardíaca ao não resistir a uma cirurgia no coração;

- Descanse em paz Liz Taylor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top