04 dezembro 2011

Livro Divas Abandonadas mostra sete ícones da beleza feminina lindas, abandonadas e amarguradas

Livro Divas Abandonadas mostra sete ícones da beleza feminina lindas, abandonadas e amarguradas

Publicação diz que elas apontaram uma nova direção para as mulheres


Livro Divas Abandonadas mostra sete ícones da beleza feminina lindas, abandonadas e amarguradas Divulgação/Ver Descrição
A vida da atriz mais sexy de Hollywood foi marcada por sexo, casamentos infelizes e casos extraconjugais
Foto: Divulgação / Ver Descrição

O século 20 é particularmente especial para as mulheres. Pisamos nele submissas, aquietadas, resumidas às atividades de mãe e dona de casa e saímos... aham! Poderosas, revolucionárias, executivas, chefes de Estado. Algumas grandes mulheres ajudaram a prosperar a realidade feminina e, por isso, viraram ideais de feminilidade, cada uma a seu modo e à sua direção.

Um livro sobre elas poderia discorrer sobre o triunfo de suas trajetórias públicas e profissionais. Mas a jornalista Teté Ribeiro se propôs seguir um pouco mais adiante. Pesquisou, leu biografias, entrevistou pessoas próximas a elas e chegou a sete divas dos anos 1900, que em comum experimentaram amores arrebatadores por homens que as amaram, mas também as traíram ou as deixaram sem qualquer constrangimento. Para Teté, Lady Di, Ingrid Bergman, Jacqueline Kennedy Onassis, Maria Callas, Marilyn Monroe, Sylvia Plath e Tina Turner são as sete maiores divas do século 20. Para elas, escreveu Divas Abandonadas, obra que acaba de ser relançada pela Editora Jaboticaba (a primeira edição é de 2007).

— É uma escolha subjetiva. Para mim, elas são as sete maiores do século, porque cada uma apontou uma nova direção para as mulheres e, juntas, representam a mulher do século 20. Antes de Jacqueline Kennedy, as primeiras-damas eram apenas um acessório do presidente. Lady Di preconizou a era das grandes celebridades, mas lidou brilhantemente com isso. Quer um exemplo? Ela tinha o hábito de sair para malhar todos os dias de manhã e era seguida pelos paparazzi. Tomou a decisão de comprar um monte de roupas de ginástica iguais. Desta maneira simples e genial, desvalorizou as fotos dela durante um ano inteiro, pois parecia que todo dia era a mesma foto — afirma a autora.

Há pelo menos dois trunfos na obra que a tornam uma leitura rápida e deliciosa: a riqueza de detalhes da vida particular dessas deusas e, principalmente, a desconstrução do mito para a descoberta de mulheres inseguras, loucamente apaixonadas, numa única palavra: iguais — entre elas mesmas e entre qualquer uma de nós, mulheres, em nossas inquietudes cotidianas.

A seguir, um breve resumo dos perfis presentes no livro.

Marilyn Monroe
 

Nasceu em 01/06/1926, nos EUA, e morreu em 05/08/1962, por overdose de remédios. A vida da atriz mais sexy de Hollywood foi marcada por prostituição, casamentos falidos e casos extraconjugais. Na infância, sofreu com a inconstância da mãe. Morou com famílias cuidadoras e quase foi violentada por um padrasto. Antes da fama e com aparições em filmes, Marliyn se prostituía. Envolveu-se com políticos — o caso mais famoso seria com John Kennedy. Seu grande amor e amigo foi o jogador de beisebol Joe DiMaggio, seu segundo marido, com quem ficou casada apenas 10 meses.

Lady Di
Nasceu em 01/07/1961, na Inglaterra, e morreu em 31/08/1997, vítima de um acidente de carro ao lado do namorado, o playboy Dodi Fayed. Os dois eram perseguidos por paparazzi.
Príncipe Charles já se relacionava com Camila
Parker-Bowles antes de se casar com Diana. Camila era amiga, amante e conselheira do futuro rei da Inglaterra, e todas as namoradas do príncipe passavam pelo crivo dela. Quando Diana começou a namorar Charles, ela também foi apresentada a Camila.
A princesa conviveu com a frieza e a traição do marido durante todo o casamento, que durou 15 anos. Lady Di sofria de bulimia crônica, com vômitos constantes, e tentou o suicídio mais de uma vez.
Ela também traiu o príncipe, inclusive com um segurança da realeza.
Jacqueline Kennedy Onassis
Nasceu em 28/07/1929, nos EUA, e morreu em 19/05/1994, de um câncer raro — linfoma não Hodgkin. Jackie era noiva quando conheceu John Kennedy e se apaixonou à primeira vista. Amigos e familiares do futuro presidente se surpreenderam com o romance, afinal, Jackie não era deslumbrantemente linda como todas as namoradas de John. 

Mas os dois tinham vasta afinidade, como o gosto por poesia. A sintonia não tornou John menos mulherengo. Foram muitas traições. Em festas, mesmo junto com Jacqueline, ele costumava sumir e praticar sexo rápido, 20 minutos, sempre com belas mulheres. Ela fingia não ver, mas acabou se tornando depressiva e isolada. Depois da morte de John, em 1963, Jackie se casou com o milionário Aristóteles Onassis e foi à forra. Jackie teve casos amorosos e estima-se que torrou US$ 50 milhões nos sete anos de casamento.

Sylvia Plath
Nasceu em 27/10/1932, nos Estados Unidos, e se suicidou por asfixia em 11/02/1963.
A trajetória de Sylvia é a mais angustiante entre todas as perfiladas do livro. Desde jovem, a menina, brilhante com as palavras (publicou a primeira poesia aos oito anos), tinha tendência ao suicídio. Às vezes, se cortava com lâminas de barbear. Uma vez, a jovem arrombou o cofre onde a mãe guardava soníferos, se trancou no porão e tomou 40 comprimidos. Passou mal e vomitou, expelindo grande parte do remédio, o que salvou sua vida. 

Seu grande amor foi o escritor Ted Hughes, com quem teve dois filhos. Após seis anos de casados, Ted se envolveu com uma amiga do casal que também era casada. O poeta abandonou Sylvia, e a depressão profunda a pegou novamente. Numa manhã de 1963, trancou os filhos no quarto, foi até a cozinha, ligou o forno e enfiou a cabeça.
Maria Callas
Nasceu em 02/12/1923, nos Estados Unidos, e morreu de infarto em 16/09/1977.
A grande decepção amorosa da cantora lírica foi Aristóteles Onassis. Callas era casada quando conheceu o milionário grego. Os dois tornaram-se amantes. Mais tarde, Callas largaria o marido por ele. Mas Aristóteles jamais assumiu o romance. Namorava ela e outras mulheres. Ele a abandonou quando conheceu Jackie Kennedy, com quem acabou se casando. Anos depois, Callas e Aristóteles voltaram a se encontrar. Em 1973, quando ele foi hospitalizado com uma doença grave, Jackie colocou seguranças no hospital para proibir que Callas o visitasse. Ela chegou a entrar pelos fundos uma única vez para ver seu grande amor, antes da morte dele. 

Depois que Onassis morreu, Callas se tornou uma mulher amargurada. Não saía de seu apartamento, em Paris, e se isolou dos amigos. Tomava remédios para dormir e para se manter acordada.

Tina Turner
Nasceu em 26/11/1939, nos Estados Unidos.
A diva da música negra foi abandonada pela primeira vez pelos pais. Quando ainda era criança, a mãe saiu de casa. Mais tarde, o pai também saiu. Ela e a irmã tiveram que morar com familiares. 

Mas o grande vilão da história de Tina foi o seu marido e músico Ike Turner. No começo, foi seu grande tutor, colocou-a na música e cuidava dela como uma filha. Mais tarde, quando se tornou viciado em cocaína, Ike virou um homem violento, que batia constantemente em Tina, mesmo quando ela estava grávida. A cantora tentou fugir do marido mais de uma vez, e ele sempre a localizava. Em 1976, ela conseguiu escapar e passou meses mudando de casas, até pedir o divórcio. Ike a localizou em Los Angeles, queimou seu carro e mandou os quatro filhos para a casa dela. 

Em 1986, Tina mudou-se para a Alemanha, onde mora até hoje com o produtor musical Erwin Bach.
Ingrid Bergman
Nasceu em 29/08/1915, na Suécia. Morreu de linfoma em 29/08/1982.
A beleza e o talento de Ingrid eram irretocáveis. Em 1946, foi eleita a mulher mais linda do mundo depois de estrelar o clássico Casablanca. Também foi uma das divas do cineasta Alfred Hitchcock. 

Com uma vida amorosa conturbada, Ingrid se casou três vezes. O primeiro relacionamento foi com Petter Lindstrom, que administrava sua carreira e a deixou sem dinheiro. Ela, então, abandonou marido e filha ao se apaixonar pelo cineasta Roberto Rosselini. O episódio fez a opinião pública se voltar contra ela, para quem Hollywood fechou as portas. Após anos fazendo filmes só com o marido, Ingrid aceitou o convite para uma peça, em Paris. O marido foi contra, mas Ingrid lotou teatros e foi aplaudida de pé. Rosselini foi para a Índia e voltou casado. 

Ingrid ficou arrasada, mas se consolou com o colega Robert Anderson. Com ele, teve o relacionamento mais tranquilo. Separaram-se 18 anos depois.

* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***

Ex-Atomic Kitten estrela Jenny Frost olha só purr-fect em seu vestido preto simples no Emeralds & Ball Ivy

Ex-Atomic Kitten estrela Jenny Frost olha só purr-fect em seu vestido preto simples no Emeralds & Ball Ivy

Como o co-anfitrião do Emeralds & Ball Ivy, Jenny Frost estava esperando para fazer uma boa impressão.
E ela certamente teve um impacto na noite passada como a ex-Atomic Kitten cantor chegou no tapete vermelho em um vestido preto simples, que mostrou claramente sua calcinha.
A OK! Apresentador de TV, 33 anos, exibiu seu corpo esguio com um vestido de Lisa Dann Jayne com um teste padrão da folha e dividido na parte da frente, que ela se uniu com um par de saltos Christian Louboutin.
Lacy senhora: a apresentadora de TV Jenny Frost mostra a sua figura em um Jayne Lisa sheer vestido Dann na Emeralds & Ball Ivy no Jardim Embankment
Lacy senhora: a apresentadora de TV Jenny Frost mostra a sua figura em um Jayne Lisa sheer vestido Dann na Emeralds & Ball Ivy no Jardim Embankment
Lacy senhora: a apresentadora de TV Jenny Frost mostra a sua figura em um Jayne Lisa sheer vestido Dann na Emeralds & Ball Ivy no Jardim Embankment
E ele apareceu vestido risque caiu bem com os convidados, como ela escreveu no Twitter: "Eu amo meu vestido e assim como todo o resto - Estou leiloando-lo! Graças as meninas. "
Acompanha Frost para a bola foi seu novo marido, "Vinnie" espanhol de mergulho escola proprietário Juan Vicente Spiteri.
Os dois se casaram em sua casa em Ibiza em agosto e agora divide seu tempo entre o Reino Unido e Espanha.
Homem de família: Host Ronan Keating chegou com sua esposa Yvonne e seus três filhos Jack, Melissa (meio) e Ali (na frente à direita)
Homem de família: Host Ronan Keating chegou com sua esposa Yvonne e seus três filhos Jack, Melissa (meio) e Ali (na frente à direita)
À frente do evento, ela twittou: "Basta chegar o meu cabelo feito, fora a co-anfitrião com o Ronan, em vez yummy hoje à noite em sua Emerald anual e Ivy Bola x. "
O evento foi organizado por Ronan Keating com rendimentos que vão para Pesquisa do Câncer e da Fundação Marie Keating, criado em homenagem a sua falecida mãe.
Ele foi apoiado na bola por sua esposa Yvonne e seus três filhos Jack, Marie e Ali.
Na verdade, a noite marcou a estréia de 12 anos de idade, Jack palco.
Atrelado: Frost atendido com "Vinnie" novo marido Juan Vicente Spiteri (à esquerda), enquanto Rod Stewart chegou com a mulher Penny Lancaster
Atrelado: Frost atendido com "Vinnie" novo marido Juan Vicente Spiteri (à esquerda), enquanto Rod Stewart chegou com a mulher Penny Lancaster
Atrelado: Frost atendido com "Vinnie" novo marido Juan Vicente Spiteri (à esquerda), enquanto Rod Stewart chegou com a mulher Penny Lancaster
Tweeting de antemão, Ronan orgulho escreveu: 'Jac k é o convidado surpresa. "
Ele também enviou uma foto de seu filho com sua guitarra, writin g: ' Jack pronto para seu primeiro show. "
E talvez o partygoers poderia ter olhado para Nancy Dell'Olio para algumas das entretenimento após seu stint recentes Strictly Come Dancing.
O advogado ítalo-americana, 50, olhou adequadamente glamour em um ballgown strapless preto e um updo sweptback.
Belle da bola: Strictly Come Dancing estrela Nancy Dell'Olio parecia muito glamour em um ballgown preto
Belle da bola: Strictly Come Dancing estrela Nancy Dell'Olio parecia muito glamour em um ballgown preto
Sentindo frio?  Leona Lewis juntou-la ballgown rosa com uma jaqueta roxa
Sentindo frio? Leona Lewis juntou-la ballgown rosa com uma jaqueta roxa
Também em uma ballgown foi cantora Leona Lewis, que podem ter sido sentindo frio como ela juntou o seu número de rosa com um casaco.
E não houve falta Rod Stewart esposa Penny Lancaster, que uniu seu mini vestido verde assimétrico com alto collants correspondência - tendo o tema Emerald da bola, literalmente.
Representando o mundo do futebol são ex-estrelas da Inglaterra Alan Shearer e Sol Campbell.
Esposa Shearer Lainya mostrou fora sua figura esbelta em um vestido bandage prata, enquanto Campbell interior do desenhador esposa Fiona usava um vestido maxi assimétrica.
O futebolista contingentes: Ex-estrelas da Inglaterra Alan Shearer (esquerda) e Sol Campbell chegou com suas respectivas esposas Lainya e Fiona
O futebolista contingentes: Ex-estrelas da Inglaterra Alan Shearer (esquerda) e Sol Campbell chegou com suas respectivas esposas Lainya e Fiona
O futebolista contingentes: Ex-estrelas da Inglaterra Alan Shearer (esquerda) e Sol Campbell chegou com suas respectivas esposas Lainya e Fiona

http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-2069707/Jenny-Frost-looks-just-purr-fect-sheer-black-dress-Emeralds--Ivy-Ball.html





* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***




Eu ainda não posso falar com meu pai sobre o passado, diz Angelina Jolie

Eu ainda não posso falar com meu pai sobre o passado, diz Angelina Jolie

Ela estava afastada dele durante quase uma década após anos de luta amarga.
Agora Angelina Jolie revelou que a única maneira que ela possa ter um relacionamento com o pai dela é se eles não falam sobre o seu passado.
Desde a sua reconciliação após a morte de sua mãe Marcheline Bertrand, em 2007, a 36-year-old Tomb Raider estrela disse que ela e Jon Voight, de 72 anos, nunca havia discutido as linhas que blighted sua infância.
Reconciliação: Mas Angelina Jolie não pode discutir o passado com o pai Jon Voight
Reconciliação: Mas Angelina Jolie não pode discutir o passado com o pai Jon Voight
Eram eles para aprofundar os problemas do passado, seu relacionamento pode entrar em colapso novamente, ela sugeriu.
Perca Bertrand se casou com Voight 1971-1980, e apesar de estudar com o famoso professor de teatro Lee Strasberg, ela concentrou-se em sua família ao invés de sua carreira.

O casal se separou quando Voight foi pego tendo um caso, e ele e Miss Jolie começou a remar. 
As coisas pioraram quando ele afirmou em 2002 que ela tinha "problemas mentais graves. 
Família: A atriz disse que queria os seus seis filhos para conhecer o seu avô
Família: A atriz disse que queria os seus seis filhos para conhecer o seu avô
Não foi até a senhorita Bertrand morreu para que as coisas pai e filha remendado. Em uma entrevista sincera, Miss Jolie disse: "Eu pensei nos meus filhos nunca encontro o seu avô.
"Eu pensei sobre o meu irmão ter apenas um pai e apenas um membro da família vivo e eu pensei sobre o meu pai estar sozinho e discutido que a melhor coisa que poderíamos fazer seria a de encontrar e conversar, mas que só seria capaz de fazer isso se nós nunca falou sobre o passado de novo. "
A atriz ganhadora do Oscar, que tem seis filhos com Brad Pitt, 47, também revelou que ela aguarda com expectativa o dia em que ela pode "se concentrar em ser uma mãe '.
Perguntou quando ela pode desistir de atuar, ela contou EUA rede de TV CBS: "Meus filhos vão me avise."
Tempos mais felizes: Jolie Voight com seu pai e irmão James Haven
Tempos mais felizes: Jolie Voight com seu pai e irmão James Haven

http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-2069926/Angelina-Jolie-says-talk-Jon-Voight-past.html



* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***

Garota-propaganda: Angelina Jolie graças pesado actualidade bíblia Newsweek ... com estrela de cinema representam

Garota-propaganda: Angelina Jolie graças pesado actualidade bíblia Newsweek ... com estrela de cinema representam

Se você pegar uma cópia da Newsweek, é provável que você será confrontado com uma imagem do presidente Obama ou Clinton Hilary na capa.
É uma publicação de notícias sérias, e apresenta fotos sóbrio de políticos do mesmo naipe ou ilustrações de histórias da característica arenosa. 
Mas fresco fora os calcanhares de sua tão falada cerca de 60 minutos de entrevista, Angelina Jolie está aparecendo na capa, e no mais glamoroso representar a publicação de 78 anos de idade, já testemunhou. 
O rosto da filantropia: Angelina Jolie graças a 05 de dezembro edição da revista Newsweek
O rosto da filantropia: Angelina Jolie graças a 05 de dezembro edição da revista Newsweek 
É um verdadeiro golpe para a atriz de 36 anos de idade, impressionante, que tem trabalhado incansavelmente na sua qualidade de embaixador da ONU para levar ajuda a alguns dos territórios mais pobres e-guerra atingido no globo.
Na revista a atriz discute seu próximo filme In the Land of Blood and Honey, que dirigiu. 
O cenário para o filme é de guerra dos anos 1990 na Bósnia.
Modelo de mãe: Angelina com Shiloh, Zahara e Pax, em Nova York no início deste mês
Modelo de mãe: Angelina com Shiloh, Zahara e Pax, em Nova York no início deste mês 
Em sua entrevista 60 Minutes, no domingo, Jolie revelou que ela planeja fazer outro filme de guerra com foco sobre o Afeganistão.
In the Land of Blood and Honey abre 23 de dezembro e Newsweek Jolie é capa chega às bancas segunda-feira.
Falando sobre seu último filme em uma entrevista com Christiane Amanpour esta semana, ela disse: "Eu estava pensando e meditando sobre estes temas internacionais da violência contra as mulheres, a falta de intervenção e como os seres humanos são alterados e deformados pela guerra e como algumas pessoas saem mais forte e algumas pessoas são realmente quebrado. "
O filme tem sido objeto de controvérsia desde a sua criação, e mesmo que agora está sendo posta em causa. 
Um jornalista croata está acusando o stunner de roubar a história por trás sua estréia como diretora, In the Land of Blood and Honey. 
Problemas legais: Angelina Jolie está sendo processado por supostamente roubar a idéia por trás seu filme In the Land of Blood and Honey
Problemas legais: Angelina Jolie está sendo processado por supostamente roubar a idéia por trás seu filme In the Land of Blood and Honey
Beleza perigosa: Um jornalista croata diz que a atriz de 36 anos, roubou a idéia para seu filme
Beleza perigosa: Um jornalista croata diz que a atriz de 36 anos, roubou a idéia para seu filme
Em documentos legais obtidos pelo RadarOnline, James J. Braddock afirma que um artigo que ele escreveu e publicou em 2007 é a base para o filme, que a mãe de seis escreveu e dirigiu. 
Braddock dá exemplos das semelhanças entre sua obra eo filme de Jolie no processo. 
A ação judicial afirma que: "O personagem principal do trabalho do sujeito feminino está sujeito ao abuso contínuo e estupro por soldados e oficiais no acampamento."
"Além de ser estuprada continuamente por soldados e oficiais, ela é forçada a se tornar um servo na sede acampamento, um dever assumido por muito poucos dos cativos".
O autor indignado e jornalista está exigindo que um tribunal lhe danos prêmios. 
"O personagem principal do Filme do sexo feminino também está sujeito a violação contínua por soldados e oficiais no acampamento e posteriormente torna-se um servo na sede do acampamento."
O drama gira em torno de uma mulher muçulmana chamado Aija que se apaixona por Daniijel sérvio. 
Na história de amor improvável, que estréia nos cinemas americanos em 23 de dezembro, Daniijel inadvertidamente torna-se carcereiro Aija quando os bósnios são capturados pelos sérvios. 
Braddock não é a única pessoa a tomar medidas legais contra as Nações Unidas "Embaixador da Boa Vontade. 
A beleza morena e parceiro Brad Pitt também estão sendo processada por uma ex-babá. 
Eles teriam disparado 45-year-old Ana Charlotiaux por supostamente tomando muito baixa por doença.
Ela trabalhou na propriedade do casal francês, Chateau Miraval, de 2008-2010 e está exigindo uma compensação justa para demissão. 
Tentando fazer o bem: A Organização das Nações Unidas Embaixadora da Boa Vontade foi processado duas vezes em um mês
Tentando fazer o bem: A Organização das Nações Unidas Embaixadora da Boa Vontade foi processado duas vezes em um mês

http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-2069882/Angelina-Jolie-graces-heavyweight-current-affairs-bible-Newsweek-movie-star-pose.html








* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***



Autor do gol, D'Alessandro comandou as ações ofensivas do Inter no Gre-Nal - Internacional

Autor do gol, D'Alessandro comandou as ações ofensivas do Inter no Gre-Nal

Na saída de campo, meia argentino provoca rival ao lembrar que venceu os clássicos mais importantes do ano



Autor do gol, D'Alessandro comandou as ações ofensivas do Inter no Gre-Nal Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Gol de D'Alessandro conduz o Inter à pré-Libertadores
Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Camisa 10 e jogo decisivo. São dois elementos que devem se atrair no futebol. Vestindo a camisa que estampa esse número às costas, o meia colorado D'Alessandro foi um personagem central no Gre-Nal 389, disputado neste domingo, no Beira-Rio. A partida, válida pela última rodada do Brasileirão, selou a vaga do Inter à pré-Libertadores de 2012.
O gol da vitória, inclusive, foi dele. De pênalti, é verdade. Mas em decisões dessa dimensão, principalmente num clássico, a goleira tende a diminuir. D'Ale não. De perna esquerda, bateu no canto para vencer o goleiro Victor, que chegou a pular no canto certo aos 16 minutos do segundo tempo.

Foto: Mauro Vieira
Mas além de ser o autor do gol, D'Ale também serviu como ponto de referência para as jogadas ofensivas do Inter, fazendo a articulação, encarando a marcação em jogadas individuais e também arriscando a gol, seja em chute de longa distância ou em uma tentativa por cobertura. Nas duas tentativas, entretanto, Victor espalmou para fora.

Foto: Ronaldo Bernardi
Com D'Ale em campo, o Inter fez sua parte. Venceu. E ficou ligado nos resultados paralelos nos respectivos compromissos de Flamengo e Coritiba. Os placares no Rio e no Paraná foram favoráveis. Mas além do objetivo de estar na Libertadores do próximo ano, o meia argentino ainda provocou o rival na saída de campo:
– Precisávamos primeiro ganhar o clássico. E conseguimos. No ano, ganhamos os dois Gre-Nais mais importantes – disse, referindo-se à conquista do título do Gauchão de 2011.

Foto: Ronaldo Bernardi
ZH ESPORTES

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/esportes/inter/noticia/2011/12/autor-do-gol-d-alessandro-comandou-as-acoes-ofensivas-do-inter-no-gre-nal-3585026.html



* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top