23 maio 2012

Preconceito que as mulheres sofrem aos 30 anos de idade.

Prejudice suffered by women at 30 years of age.





http://colunas.revistamarieclaire.globo.com/marieclaire20anos/2011/04/18/eusouassim-%E2%80%9Chomem-tem-medo-de-mulher-de-30-anos%E2%80%9D/


Publicação infeliz!!!
Bom, eu não penso assim, sempre tive medo do casamento, perder a individualidade e a liberdade... Para além disso, meu pensamento sempre foi ser alguém, me identificar como pessoa, como mulher e profissional. Meus parâmetros a respeito de felicidade, esta no meu estudo, primeiro quero ser uma profissional realizada. Depois, vou pensar em casar e ter filhos.
Tenho 31 anos, namoro a 8 anos e não tenho filhos. Ah... e mesmo com a idade que tenho e sendo gordinha, não é só meu namorado que me admira!!!! :) Sou feliz assim!
O dia que eu quiser casar, vai ser porque encontrei a pessoa certa! Acho que já encontrei, mas ainda não é o momento certo!



Abaixo o preconceito contra as solteiras

Below prejudice against unmarried


Pode parecer um pouco feminista da minha parte, mas ainda acho que vivemos em um mundo que conserva muitos preconceitos contra as mulheres e que fica ainda mais evidente quando nós mulheres somos solteiras ou pior ainda, divorciadas. Faz tempo que queria escrever sobre como no mundo corporativo o estado civil pode fazer diferença na carreira das mulheres.
As casadas são sempre mais respeitadas pelos colegas, chefes e esposas. Já as solteiras são vistas como uma ameaça constante, que fica rodeando todos os dias no ambiente de trabalho. Eis que surge aquele dia que você precisa ficar até tarde no escritório com um colega para terminar um projeto e a esposa liga. Lógico que ele não vai comentar que  a colega é solteira ou que acabou de se divorciar e está mais linda do que nunca.
Momento para parentêses. Vamos combinar, que terminar um relacionamento, mesmo que nos deixe arrasadas, faz um bem enorme para o corpo e para a mente. Emagrecemos, mudamos o corte de cabelo, vamos ao salão, investimos em umas roupas novas e o astral muda completamente, já que os bares e baladinhas entram no radar.
A questão é que qualquer mulher pode sofrer algum tipo de preconceito no ambiente de trabalho, nem que seja nas avaliações. Será que o chefe não fica com receio de te promover porque pode parecer que ele tem interesse? Mesmo que ele admire sua competência? Não sei, mas com certeza essa dúvida já passou pela cabeça de muitos gestores e nós mulheres vamos ter que conviver com isso. Lógico que estar casada não impede nada, mas nas convenções, é no mínimo mais “sério”.
Eis que ontem surge um motivo para eu escrever e questionar o assunto. Uma amiga minha, que acaba de se separar e está passando uns dias na minha casa (parece que toda amiga minha jornalista na casa dos 30 está se separando, então: cuidado!), estava alugando um apartamento. Ela estava animadíssima para tomar o novo rumo da vida, ter um lugar só dela, dedicar-se ao trabalho e conseguir virar a página. Mas o preconceito acabou com toda a sua energia e felicidade. O proprietário do apartamento não aceitou a documentação dela para locar o apartamento porque é “solteira”.
Isso mesmo, segundo ele, teve problemas com meninas e só aluga para homens “solteiros”. Imaginem a minha indignação com esse argumento. Em que década estamos vivendo? Como ele decide isso? Será que não posso processá-lo? Bom, deixa para lá esse preconceituoso.
Que essa situação desagradável, nos alerte, para que sejamos aliadas, as casadas, solteiras e divorciadas, que seja qual for a nossa opção civil, que as portas não sejam fechadas por puro simples preconceito barato e ultrapassado. Por isso, a minha mensagem da semana é:  Abaixo o perconceito contra as solteiras e divorciadas!

http://vocesa.abril.com.br/blog/mulher-em-pauta/2011/02/11/abaixo-o-preconceito-contra-as-solteiras/



A Mulher de 30 Anos


Woman of 30 Years


Por: Honoré de Balzac Honoré de Balzac
"Tome a mesma moça aos 20 e aos 30 anos. No segundo momento ela será umas sete ou oito vezes mais interessante, sedutora e irresistível do que no primeiro.

Ela perde o frescor juvenil, é verdade. Mas também o ar inseguro de quem ainda não sabe direito o que quer da vida, de si mesma e de um homem. Não sustenta mais aquele ar ingênuo, uma característica sexy da mulher de 20. Só que isso é compensado por outros atributos encantadores que reveste a mulher de 30.

Como se conhece melhor, ela é muito mais autêntica, centrada, certeira no trato consigo mesma e com seu homem. Aos 30, a mulher tem uma relação mais saudável com o próprio corpo, das suas carnes sinuosas, do seu cheiro cítrico. Não briga mais com nada disso. Na verdade, ela quer brigar o menos possível. Está interessada em absorver do mundo o que lhe parecer justo e útil, ignorando o que for feio e baixo - astral. Quer é ser feliz. Se o seu homem não gosta dela do jeito que é, que vá procurar outra. Ela só quer quem a mereça.

Aos 30 anos, a mulher sabe se vestir. Domina a arte de valorizar os pontos fortes e disfarçar o que não interessa mostrar. Sabe escolher sapatos e acessórios, tecidos e decotes, maquiagem e corte de cabelo. Gasta mais porque tem mais dinheiro. Mas, sobretudo, gasta melhor. E tem gestos mais delicados e elegantes.

Aos 30, ela carrega um olhar muito mais matador quando interessa matar. E finge indiferença com muito mais competência quando interessa repelir. Ela não é mais bobinha. Não que fique menos inconstante. Mulher que é mulher,se pudesse, não vestiria duas vezes a mesma roupa nem acordaria dois dias seguidos com o mesmo humor. Mas, aos 30 ela,já sabe lidar melhor com esse aspecto peculiar da sua condição feminina. E poupa (exceto quando não quer) o seu homem desses altos e baixos hormonais que aos 20 a atingiam e quem mais estivesse por perto, irremediavelmente.

Aos 20, a mulher tem espinhas. Aos 30, tem pintas, encantadoras trilhas de pintas, que só sabem mesmo onde terminam uns poucos e sortudos escolhidos.

Sim, aos 20 a mulher é escolhida. Aos 30, é ela quem escolhe. E não veste mais calcinhas que não lhe favorecem. Só usa lingeries com altíssimo poder de fogo. Também aprende a se perfumar na dose certa, com a fragrância exata.

A mulher de 30, mais do que aos 20, cheira bem, dá gosto de olhar, captura os sentidos, provoca fome. Aos 30, ela é mais natural, sábia e serena. Menos ansiosa, menos estabanada. Até seus dentes parecem mais claros; seus lábios, mais reluzentes; sua saliva, mais potável. E o brilho da pele não é a oleosidade dos 20 anos, mas pura luminosidade.

Aos 20 ela rói as unhas. Aos 30, constrói para si mãos plásticas e perfeitas. Ainda desenvolve um toque ao mesmo tempo firme e suave. Ocorre algo parecido com os pés, que atingem uma exatidão estética insuperável. Acontece alguma coisa também com os cílios, o desenho das sobrancelhas, o jeito de olhar. Fica tudo mais glamouroso, mais sexualmente arguto.

Aos 30, quando ousa, no que quer que seja, a mulher costuma acertar em cheio. No jogo com os homens já aprendeu a atuar no contra - ataque. Quando dá o bote é para liquidar a fatura. Ela sabe dominar seu parceiro sem que ele se sinta dominado. Mostra a sua força na hora certa e de forma sutil.
Não para exibir poder, mas para resolver tudo ao seu favor antes de chegar ao ponto de precisar exibi-lo. Consegue o que pretende sem confrontos inúteis. Sabiamente, goza das prerrogativas da condição feminina sem engolir sapos supostamente decorrentes do fato de ser mulher.


* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***
***No Facebook e no Twitter.***

¸.•°*”˜˜”*°• ..¸.•°*”˜˜”*°•.☻/ღ˚ •。* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* 。 ღ˛° 。* °♥ ˚ • ★ *˚ .ღ 。/*˛˚ღ •˚ ˚ ✰✰˚* ˚ ★/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰。˚ ˚ღ。* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★`⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫°

Preta Gil critica o termo 'moda plus-size' e afirma: "Sou a medida da mulher brasileira"





Nos bastidores do desfile de Victor Dzenk no Fashion Business, no Rio de Janeiro, a cantora Preta Gil falou sobre moda plus-size. “É terrível esta coisa de moda plus-size. A mulher mais gordinha tem que usar este termo para ir comprar numa loja?”, desabafou.
A cantora confessou que, muitas vezes, tem problemas para se vestir, pois gostaria de usar peças de estilistas que são seus amigos e, no entanto, eles não confeccionam roupas para o seu tamanho.
Preta Gil se apresentou durante o desfile de Dzenk que tinha como tema o Tropicalismo. A filha de Gilberto Gil relacionou o movimento com a ditadura da magreza: “O Tropicalismo teve muito a ver com a quebra de conceitos pré-estabelecidos. Hoje temos a ditadura da magreza; ando nas ruas e vejo que os padrões da televisão e da moda não são os padrões da mulher real. Amo a Gisele Bündchen, mas não me identifico em nada com ela. Temos um corpo diferente, cabelo diferente. Sou a medida da mulher brasileira!”
A cantora revelou, ainda, que muitos de seus fãs comentam em seu blog que não encontram seus tamanhos de roupas das mesmas marcas que Preta usa. "Sou famosa e tenho o privilégio de ter pessoas fazendo roupas especiais para mim, para o meu tamanho”, admitiu.


* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***
***No Facebook e no Twitter.***

¸.•°*”˜˜”*°• ..¸.•°*”˜˜”*°•.☻/ღ˚ •。* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* 。 ღ˛° 。* °♥ ˚ • ★ *˚ .ღ 。/*˛˚ღ •˚ ˚ ✰✰˚* ˚ ★/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰。˚ ˚ღ。* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★`⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫°

Campanha de inverno da Versace tem inspiração gótica




Versace já tinha mostrado nas passarelas que a sua nova coleção de inverno teria uma inspiração gótica. E, é claro que a campanha não poderia ser muito diferente.
Os anúncios - trabalhados em preto e branco - possuem um toque dark. As fotos foram responsabilidade da dupla de fotógrafos Mert & Marcus e Elza Luijendijk foi escolhida para ser o rosto feminino da marca, quebrando os rumores de que Lana Del Rey seria a nova garota-propaganda da grife.
Philipp Schmidt, Dmitriy Tanner e Kacey Carrig representaram os homens.


* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***
***No Facebook e no Twitter.***

¸.•°*”˜˜”*°• ..¸.•°*”˜˜”*°•.☻/ღ˚ •* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* ღ˛° * °♥ ˚ • ★ *˚ ./*˛˚ღ •˚ ˚ ✰✰˚* ˚ ★/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰˚ ˚* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★`⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫°

Seis dicas para usar a calça cropped


Com barra na altura do tornozelo, peça é coringa no inverno e no verão

Seis dicas para usar a calça cropped Reprodução/Net A Porter

Foto: Reprodução / Net A Porter
Gabrieli Chanas
A calça cropped, com barra pouco acima do tornozelo, é uma boa peça para investir neste inverno. Uma das apostas da próxima estação, o estilo é versátil e deve se manter forte também no verão 2013. Veja 6 dicas de como usá-la:
1. Com sneakers: os tênis de cano alto são um dos calçados desejo deste outono-inverno. Ficam bem com calças justas ou com aquelas de barra mais larguinha.
2. Com tricô: um máxi tricô compensa a calça justa e deixa mais confortável quem não gosta de um visual todo colado ao corpo.
3. Com scarpin: associada a um calçado de bico e salto finos a calça ganhar um ar mais sofisticado.
4. Com slippers: slippers, sapatilhas e rasteiras são perfeitos para a cropped. Como a calça é mais curta, não há risco da barra arrastar no chão com o uso do calçado baixo.
5. Com estampas: as calças com estampas florais e étnicas são outra tendência de frio que deve permanecer até o ano que vem. Investir numa cropped neste estilo é uma excelente aposta.
6. Com conjuntinho: compre peças da mesma família e ganhe variedade de looks. Você pode usá-las juntas, como sugeriram as maiores grifes neste inverno, ou separadas, alternando calça cropped e blazer com jeans e camisas coloridas.


* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***
***No Facebook e no Twitter.***

¸.•°*”˜˜”*°• ..¸.•°*”˜˜”*°•.☻/ღ˚ •* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* ღ˛° * °♥ ˚ • ★ *˚ ./*˛˚ღ •˚ ˚ ✰✰˚* ˚ ★/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰˚ ˚* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★`⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫°

Novos porcelanatos extrafinos podem ser instalados sobre pisos preexistentes


A aparência continua a mesma, mas quanta diferença há no que você não vê

Novos porcelanatos extrafinos podem ser instalados sobre pisos preexistentes Adriana Franciosi/Agencia RBS

Em duas semanas, dois terços do tempo que seria preciso para retirar a cerâmica preexistente e assentar um novo piso, foram aplicados 30 metros quadrados de porcelanato finíssimo nesta casaFoto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

Entre as vantagens dos recém-lançados porcelanatos extrafinos – de 3mm a 5mm de espessura – está a de agilizar a obra, quando colocados sobre revestimentos cerâmicos preexistentes. Mas é preciso avaliar se é aceitável o nivelamento resultante do piso antigo com o extrafino sobreposto. Isso foi feito pela autora desta reforma, arquiteta Carolina Guindani, do escritório Completa Arquitetura + Engenharia.
Nesta casa, em um condomínio de Gravataí, o método adotado na instalação de 30 metros quadrados – pisos do living, do lavabo e da área da adega – consistiu na sobreposição, o que reduziu a obra de três para duas semanas. A espera para a circulação no espaço após a aplicação é o normal para porcelanatos – um a dois dias.
A troca de piso neste ambiente integra a revitalização para tornar a residência de lazer o endereço principal da família. Conforme a autora do projeto de reforma, a rusticidade nos materiais internos da propriedade – tijolos aparentes e madeira escura – determinaram a escolha do porcelanato bege fosco de 60cm x 60cm. Para dar sensação de amplitude, o rejunte foi aplicado no tom do revestimento. A fina espessura e o peso reduzido, comparados aos porcelanatos normais, permite que o extrafino revista paredes e tampos.
 
Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
SAIBA MAIS– Porcelanatos extrafinos podem ser aplicados sobre qualquer tipo de piso cerâmico, porcelanato e pedras – desde que estejam bem assentadas.
– Não são indicados sobre pisos naturais, como os de madeira. Sempre precisam de rejuntes.
– Os indicados são de 1,5mm a 2mm. Os extrafinos, quase 70% mais leves do que os porcelanatos convencionais, são mais fáceis de transportar, manusear e cortar.E ainda mantêm a resistência padrão. 
– Após a instalação, é preciso aguardar a cura da argamassa e do rejunte. Há argamassa de cura rápida, mas não é indicada para sobreposição. 
– Os extrafinos custam de 30% a 50% mais do que os convencionais.
ZERO HORA


Integração da sacada ao estar é o foco de reforma em apartamento na Capital

Projeto uniu ambientes e criou amplo espaço multiuso destinado à convivência familiar

Integração da sacada ao estar é o foco de reforma em apartamento na Capital Omar Freitas/Agencia RBS

Detalhes de cor são pontuados na cúpula da luminária da nova sala de jantar, nas almofadas, nos quadros e nos objetos variadosFoto: Omar Freitas / Agencia RBS
Dois objetivos foram alcançados com a execução desta reforma em um apartamento do bairro Partenon. No aspecto funcional, ao integrar a área subutilizada da sacada (7 metros quadrados) com o living de 16 metros quadrados, ocorreu a criação de um amplo espaço multiuso destinado à convivência familiar. No quesito estético, a arquiteta Thaís Lenzi Bressiani, do Red Studio, conseguiu modernizar a área para o espaço refletir a personalidade do casal e da filha.
– A sala era (de madeira) escura e conservadora, e a proprietária, alegre e cheia de vida – explica Thaís.
Foto: Arquivo pessoal
Usual neste tipo de intervenção, a obra começou pela retirada da divisória entre os ambientes e seguiu com o nivelamento dos 23 metros quadrados de piso. Porcelanato com aparência de madeira com pátina branca substituiu a antiga base.
Ao escolher as cores, clientes e arquiteta acertaram que a área social teria tons claros, com o uso de cores marcantes restrito aos objetos. As paredes foram pintadas de tom areia, mesma cor da camurça do novo sofá, e o teto, de branco. Seguindo o apreço da proprietária por fibras naturais, Thaís optou por linho cru e estampado nas almofadas, pufes e cadeiras da sala de jantar, alocada na antiga sacada, junto da churrasqueira.
Apenas no centro do estar foi mantido o pé-direito original. Nas laterais, para criar distintas cenas e se adequar às atividades da família, o ambiente recebeu rebaixo em gesso. O recurso propiciou instalar uma corda luminosa âmbar e focos com lâmpadas dicroicas embutidas e em diferentes circuitos – tudo dimerizado, incluindo os abajures.
Organiza o setor o armário claro na frente do sofá, um louceiro que sustenta a TV e os porta-retratos – pintados de branco para seguir o padrão. Na sequência, prateleiras bicolores têm vão na base para acomodar a peça curinga com rodízios quando não está servindo de pufe ou mesa junto ao sofá (alto).
Em vídeo, arquiteta explica o conceito e os passos da reforma:
Veja abaixo os custos totais da reforma
1. Mão de obra geral e materiais: R$ 5,870 mil (incluindo nivelamento do piso)
2. Revestimento para o piso e meia-parede da churrasqueira: R$ 6,2 mil
3. Tecidos para sofá, poltronas, cadeiras e pufes: R$ 900
4. Luminárias, lâmpadas e acabamentos elétricos: R$ 1,370 mil
5. Marcenaria: R$ 5 mil (painel TV e display coleção objetos de viagens)
6. Mobiliário: R$ 4,5 mil (sofá, mesas laterais, pufes e cadeiras)
7. Cortinas: R$ 1,350 mil
TOTAL: R$ 25,190 mil

Veja abaixo as plantas dos ambientes antes e depois da reforma (clique sobre a imagem para vê-las em tamanho maior)
ZERO HORA





* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***
***No Facebook e no Twitter.***

¸.•°*”˜˜”*°• ..¸.•°*”˜˜”*°•.☻/ღ˚ •* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* ღ˛° * °♥ ˚ • ★ *˚ ./*˛˚ღ •˚ ˚ ✰✰˚* ˚ ★/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰˚ ˚* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★`⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫°

Mandalas

Na disciplina de FA tive que fazer algumas mandalas.....


   ***

As minhas preferidas, a de cima  e a de baixo.

    ***



O site é http://www.myoats.com/   
para quem gostou e quiser fazer o seu!!!


* * * Se você gostou do meu blog, por favor, siga-me via Google Friend Connect (canto superior direito) , via Bloglovin.***
***No Facebook e no Twitter.***

¸.•°*”˜˜”*°• ..¸.•°*”˜˜”*°•.☻/ღ˚ •* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* ღ˛° * °♥ ˚ • ★ *˚ ./*˛˚ღ •˚ ˚ ✰✰˚* ˚ ★/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰˚ ˚* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★`⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫°
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top